Suprema Corte da Itália decide que masturbação em público não é crime

masturbacao-ita-lia-crime

Acredite ou não, mas a Suprema Corte da Itália decidiu que a masturbação em público não é um crime, desde que não seja realizada na presença de menores de idade. A decisão aconteceu durante a análise do caso de um homem de 69 anos que foi flagrado se masturbando no campus da Universidade de Catania, na Sicília.

Identificado apenas como PL, o senhor recebeu uma pena de três meses de prisão e uma multa de 3.200 euros, equivalente a 11 mil reais! Seus advogados recorreram e o caso chegou à Corte máxima do país, onde ficou decidido que se masturbar na frente de outras pessoas (desde que maiores de idade) deixou de ser crime após uma mudança da lei no ano passado.

No caso de PL, sua sentença foi revogada, mas o caso foi devolvido à corte de Catania, que irá determinar uma multa administrativa, com valor entre 5 mil e 30 mil euros.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!