“Não tenho pretensão de virar herói da causa LGBT”, diz Leonardo Vieira

No ar na reprise de “Senhora do Destino”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, o ator Leonardo Vieira contou em entrevista ao jornal O Globo como foi trabalhar trama. “O elenco era muito legal e o nosso núcleo, alegre e festivo”, disse o ator, que recusou, recentemente, um papel em “O Apocalipse”, próxima novela bíblica da Record.

O último trabalho do ator na TV foi em “Os Dez Mandamentos – Segunda temporada”. Recentemente ele recusou um papel em “O Apocalipse”, próxima trama bíblica da Record. “Eles me procuraram para negociar um retorno, mas a novela ainda estava muito no início, sem detalhes. Achei melhor esperar até os personagens estarem mais definidos”, diz ele.

Ainda durante a entrevista, Leonardo relembrou o episódio em que teve fotos beijando outro rapaz divulgadas na internet e fizeram com que ele assumisse publicamente sua homossexualidade. “Sempre achei isso desnecessário porque é minha vida particular, ninguém tem nada a ver com ela. Mas, para acabar com qualquer disse me disse da imprensa, eu senti a necessidade de me colocar”.

No entanto, o ator acredita que sua atitude ajudou outras pessoas. “Foi importante falar sobre isso. Muita gente me escreve e me agradece. Essas pessoas já me fizeram achar que valeu a pena”. Leonardo garante não querer virar símbolo da causa: “Não tenho nenhuma pretensão de virar um herói da causa LGBT, mas não é de hoje que eu trabalho pelos direitos humanos. Sempre fui um cara que estive preocupado com essas questões. Onde precisarem de mim estou disposto a estar, não por uma causa específica, mas pregando o respeito ao ser humano e lutando por isso”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!