Brendan Fraser revela que foi vítima de assédio sexual: “Me senti mal”

Brendan Fraser disse que foi vítima de assédio sexual em entrevista à revista dos EUA “GQ”. O ator que estrelou os filmes da franquia “A múmia” afirmou que foi “apalpado” em 2003 pelo jornalista Philip Berk, que na época era presidente da Associação de Imprensa Estrangeira, que promove o Globo de Ouro.

O jornalista negou a acusação, e disse à revista que o relato é uma “invenção total” de Brendan Fraser. “Nós nos abraçamos e ele pôs a mão no meu traseiro. Ele apertou e ficou apalpando minha nádega, e então colocou o seu dedo embaixo, no meu períneo. Eu me senti como se fosse uma criança. Como se tivesse uma bola na garganta. Pensei que fosse chorar”, ele disse.

Fraser diz que, pelo fato de Philip ser uma figura poderosa em Hollywood, ele decidiu não denunciar na época. “Eu fiquei deprimido e não me lembro de muita coisa que fiz naquele ano”. Ele diz que “ainda está com medo”, mas sentiu que deveria dizer algo.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!