Com a ajuda de festas e entidades LGBTs, Rio promove ato em celebração aos 50 anos da revolta de Stonewall

Uma revolta de seis dias iniciada no dia 28 de junho de 1969, em Nova York (EUA), ficou conhecida como Revolta de Stonewall. Ela tem esse nome pelo local onde tudo começou: o bar LGBT Stonewall Inn. Naquele ano, há cinco décadas, os frequentadores do bar decidiram se rebelar contra a opressão policial que frequentemente assolava o público do lugar.

Existem relatos diferentes de como começou, mas o fato histórico é que um motim violento irrompeu em frente ao bar. No ponto alto na rebelião, os manifestantes começaram uma marcha no meio da rua, enfrentando a polícia enquanto cantava e sob gritos de “Gay Power”. Exatamente um ano depois, o grupo realizou a primeira marcha do orgulho LGBT. O próprio bar Stonewall Inn — que funciona até hoje no mesmo lugar — foi tombado como patrimônio nacional.

Confirme presença no evento oficial para maiores informações

Para celebrar Os 50 anos da “Revolta de Stonewall”, o MUDi (Movimento Unificado pela Diversidade), uma organização sem fins lucrativos, apartidário e que atua em defesa da diversidade e dos direitos de pessoas LGBTQI+ no Rio de Janeiro, reunirá nesta sexta-feira (28/06), entidades do movimento LGBTQI+, políticos aliados à causa e diversos outros ativistas para uma série de atividades homenageando a data.

Além disso, o ato também contará com a participação e apoio de festas como Treta, Mara, MUG, Infame, Vaca Profana, Sereias da Guanabara e Chá da Alice. Os blocos também marcam presença: Candybloco, Slam das Minas, Xerecanto, Baque Mulher, Donas, Orquestra Voadora e muito mais. Gratuito e aberto para todos os públicos, o ato acontecerá na Praça da Cinelândia a partir das 17h.

INTERVENÇÕES

Mobilização pelas redes sociais.

Amanhecer Stonewall: grupo de apoiadores à causa irá espalhar bandeiras do movimento LGBTQI+ em diversos pontos turísticos do Rio na manhã de sexta-feira (28/06) protestando contra LGBTfobia.

Bandeiraço LGBT: grupo de apoiadores à causa irá espalhar bandeiras do movimento LGBTQI+ em estabelecimentos e suas próprias residências.

Shows e cortejo de blocos com afinidade com a comunidade LGBT às 21h na Cinelândia após o ato do movimento Arco-íris.

PROGRAMAÇÃO DE BLOCOS E FESTAS

18 horas na Cinelandia, centro do Rio

Ato com a participação das entidades do movimento LGBTQI+, dos políticos aliados da causa e ativistas:
– Dalí Saiu Mais Cedo
– Studio 69
– Festa Treta
– Festa Mara
– Festa MUG
– Festa Infame
– Festa Vaca Profana
– Festa Sereias da Guanabara

Encontro de Blocos:

Candybloco
– Slam das Minas
– Xerecanto
– Baque Mulher
– Donas
– Planta na Mente
– Desliga da Justiça
– Amores Líquidos
– Orquestra Voadora
– Blonk
– Vem ca minha flor
– OV
– Terreirada Cearense
– Fanfarra black

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!