Jovem russo processa Apple por “transformá-lo em gay”; entenda

Um russo entrou com um processo contra a Apple por danos morais, argumentando que um aplicativo do iPhone o transformou em um homossexual.

“Segundo cópia da denúncia, à qual a AFP teve acesso, o autor da ação pediu uma indenização de cerca de US$ 15 mil por danos morais e psicológicos, depois de ter recebido uma criptomoeda chamada “GayCoin” por meio de um aplicativo do smartphone, no lugar dos bitcoins que havia comprado.

“Decidi testar as relações sexuais. Dois meses depois, iniciei uma relação íntima com uma pessoa de mesmo sexo e agora não consigo voltar atrás”, explicou. “Tenho um namorado estável e não sei como explicar isso a meus pais. Minha vida mudou para pior e nunca mais voltará a ser normal”, acrescentou. “A Apple me empurrou para a homossexualidade”, afirmou ainda a suposta vítima.

Embora acusar a Apple não seja muito realista, a verdade é que não é fácil ser homossexual na Rússia. O presidente Vladimir Putin deixa clara sua posição contra relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo e isso repercute na sociedade com vários casos de ameaças, bullying, abuso e discriminação sendo registrados diariamente.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!