Prefeitura de SP fará festival com peças censuradas por governo Bolsonaro

A Secretaria de Cultura da prefeitura de São Paulo anunciou, na sexta-feira (11/10), que promoverá um festival de arte com peças censuradas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. Algumas das peças proibidas são “Abrazo”, da companhia Clowns de Shakespeare; “Gritos”, da Caixa Cultural de Brasília; e “Caranguejo Overdrive”, do Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro.

O secretário Alê Youssef, produtor cultural, afirmou em entrevista divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, que o evento ocorrerá. Segundo Youssef, o festival, batizado de Verão sem Censura, é uma atitude a resistência pró-ativa aos ataques que o governo federal tem promovido à classe artística.

“Uma resistência que absorve o valor, que luta pelo valor mais importante da cultura, que é a liberdade de expressão”, disse. “Nós vamos fazer isso não como uma medida de antagonismo ao governo federal, mas de valorização da nossa cultura”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!