Campanha convoca LGBTs para celebrar a diversidade e ajudar comunidade afetada pela Covid-19

Como alternativa para comemorar o Mês do Orgulho LGBTQ+ dentro de casa, o influenciador e criador de conteúdo Sou Um Gabriel e o grupo poliesportivo Unicorns Brazil uniram forças e lançam juntos o projeto “Orgulho na Janela”. A iniciativa chega para incentivar as pessoas a celebrarem a diversidade com bandeiras em suas varandas e janelas durante o mês de junho.

Como parte da ação, foram criadas as bandeiras aliadas, que estão à venda e cuja renda arrecadada será revertida integralmente em fundos para a compra de kits emergenciais que ajudarão pessoas LGBTs em situação de rua e que foram ainda mais afetadas pela pandemia da covid-19. A iniciativa é uma parceria com a Casa Chama e o Projeto Existimos, instituições reconhecidas por acolher LGBTs.

Entre os itens que serão doados com a venda das bandeiras serão barracas, cobertores e kits de redução de danos. Quem ainda não tem uma bandeira, pode participar do desafio e ainda ajudar a comunidade LGBTQ+ comprando a bandeira no site do projeto.

Para dar ainda mais espaço e visibilidade, o perfil “Ezatamentchy” será o embaixador oficial do projeto, apoiando na comunicação e relacionamento com influenciadores e levando a campanha a muito mais pessoas com seus mais de 500 mil seguidores. Além disso, o canal será palco de uma surpresa a ser anunciado em breve.

DESAFIO

Para dar força ao pedido, fazer a ideia viajar e chegar a todo canto do Brasil, os idealizadores convidam os participantes a postarem em suas redes sociais as fotos de seus objetos pendurados e usarem a hashtag #OrgulhoNaJanela. Além disso, cada usuário pode intimar alguns amigos, fazendo uma espécie de desafio virtual, a também aderirem à campanha e a publicarem suas imagens.

Se a janela é o lugar mais democrático que temos atualmente, por que não celebrar o orgulho na janela? A proposta é mostrar que, mesmo em quarentena, é possível manifestar a favor de todo tipo de amor, compartilhar essa ideia com vizinhos e, de quebra, nos fortalecermos ainda mais como comunidade ajudando nossas irmãs que mais precisam neste momento”, explica Gabriel.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!