Após ser vaiado em premiação, boxeador se desculpa por comentários homofóbicos

boxedor-tyson-homofobico-pheeno-capa

Depois de muito tempo, finalmente o boxeador Tyson Fury veio a publico pedir desculpas por seus comentários homofóbicos. Durante a entrega do prêmio Personalidades do Esporte do Ano, da BBC, o atleta disse que nunca foi sua intenção ofender a comunidade LGBT.

“Eu já disse um monte de coisas no passado, sabe, e nada disso com a intenção de ferir ninguém”, garantiu o atleta. “Se eu disse qualquer coisa no passado, peço desculpas a qualquer pessoa que tenha se machucado com isso. Não é minha intenção fazer isso”, acrescentou. Segundo a emissora responsável pela premiação, Tyson foi vaiado ao subir ao palco.

Para quem não lembra, em novembro, durante entrevista ao jornal Daily Mail, o atleta disse que a homossexualidade levaria ao apocalipse. Ele ainda chegou a comparar homossexuais a pedófilos! Após os comentários homofóbicos, Tyson foi indicado ao prêmio da BBC, mas perdeu para o tenista Andy Murray.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!