“Não há nada mais masculino do que ser passivo”, diz Nico Tortorella

Nico Tortorella é um livro aberto quando se trata de sexualidade e expressão de gênero. A estrela de “The Walking Dead: World Beyond” conversou com à revista Attitude em sua edição de novembro e falou abertamente sobre sua identidade, poliamor e sexo.

Questionado sobre o estigma associado ao sexo anal, o ator de 32 anos disse que o problema ressoa nas pessoas que pensam que essa parte do corpo é um lugar “sujo” ou “imundo”. “Acho que é só um problema com o ânus em geral, e considerar certas partes do corpo como sujas ou imundas“, comentou Tortorella. “Acho que é um problema profundamente enraizado com o corpo em geral, seja um corpo masculino ou feminino.

Mas eu penso que especificamente para os homens serem colocados nesta ‘sub-posição’ não é masculina, quando qualquer um que seja passivo sabe o quão homem você precisa ser para fazer isso“, continuou. “Então, acho que não há nada mais masculino do que ser passivo, vamos ser honestos.

Tortorella é casada com Bethany C. Meyers, ativista e empreendedora não binária e fluida de gênero, que ele conhece desde a época de faculdade, há 15 anos. Os dois são adeptos do relacionamento poliamoroso. “Sou casado, sim, mas adoro namorar uma pessoa de cada vez. Tenho um parceiro em LA há muito tempo, mas não sou o único parceiro dele; ele não é o meu único parceiro“, disse o ator.

Eu acho que essas duas palavras, queer e poliamor, têm um grande peso e significam coisas diferentes para pessoas diferentes. E o que elas significam para nós funciona para nós. E às vezes não“, afirmou.

Confira

View this post on Instagram

Nico Tortorella has always been an open book when it comes to their sexual-fluidity and queer polyamorous relationship – but they know what others, both gay and straight alike, aren’t always so open-minded. Asked what the most common misconception about their marriage to long-term partner Bethany C. Meyers is in the Attitude November issue, the star of ‘The Walking Dead: World Beyond’ tells us: “That we’re out here fucking all the time and we have all of these other partners. No, that’s not the case.” 32-year-old Nico goes on: “Bethany and I both have very individual relationships with our sexualities. And they ebb and flow. And we aren’t swingers. We don’t have relationships with other couples. Not that we’re opposed to it, but that’s just not something that we have done. “I am kind of a serial monogamist in my polyamory. I’m married, yes, but I love dating one person at a time. I have a partner in LA that I’ve had for a long time, but I’m not his only partner; he’s not my only partner. “I think both of those words, queer and polyamorous, are heavily weighted, and they mean different things to different people. And what they mean to us works for us. And sometimes it doesn’t. “Sometimes it doesn’t even work for us. We still struggle. We’re not experts in any of these fields. But what’s different about it is we’re having these conversations publicly. Every single day is a learning process for us. The next step is us bringing children into the conversation and into the mix. “We don’t have all the answers, but we’re going to figure it out.” Hit the link in bio to read Nico’s full cover profile now. Interview by @cliffjoannou Photography by @harolbaezstudio Styling by @arnoldmilfort Grooming by @lailalhayani #nicotortorella #thewalkingdead #attitudemagazine

A post shared by Attitude Magazine (@attitudemag) on

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!