Mardi Gras: Livre da Covid, principal festival LGBTQ+ de Sydney leva 36 mil pessoas a estádio de futebol

Principal festival LGBTQ+ de Sydney, na Austrália, o Mardi Gras aconteceu neste sábado (06/03) em um estádio de futebol e provou que nem mesmo uma pandemia global pode impedir a comunidade de crescer com orgulho – tudo com muita segurança, é claro!

Diferente das edições anteriores, que percorre as ruas de Sydney, o evento precisou acontecer no Sydney Cricket Ground (SCG), estádio local com capacidade máxima de 48.000 pessoas. Ao todo, 36 mil pessoas assistiram aos shows e performances. A cantora Rita Ora foi uma das atrações principais do evento, que também contou com transmissão ao vivo para quem não pôde comparecer.

Cerca de 5.000 pessoas participaram do desfile, muitos dos manifestantes aproveitaram para transmitir mensagens políticas – incluindo visibilidade pelos direitos dos transexuais e garotas de programa.

Segundo informações da BBC, a Austrália registrou apenas cerca de 29.000 casos e 900 mortes no total durante a pandemia. “Estamos em uma posição única na Austrália para poder hospedar eventos dessa escala durante uma pandemia global de saúde, e eu parabenizo a equipe do Sydney Gay and Lesbian Mardi Gras por planejar um evento tão bem organizado e seguro para a Covid“, comemorou a policia local em um comunicado.

Confira fotos

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!