Bernardo de Assis, ator trans de ‘Salve-se Quem Puder’, revela sofrer ameaças de morte

Bernardo de Assis, ator transexual no ar em “Salve-se Quem Puder”, revelou ter recebido ameaças de morte pelas redes sociais. “Quando abri meu Instagram, havia uma série de mensagens agressivas, algumas falando de questões religiosas e me ameaçando de morte. Foi horrível”, desabafou o intérprete de Catatau na novela das sete da Globo.

Aos 26 anos, o artista explicou que leu as mensagens de ódio após ter contado sua história de vida em uma entrevista publicada em um jornal. “Na ocasião, passei a manhã e a tarde inteira gravando e nem olhei o celular”, disse ele em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, no jornal O Globo.

“De noite, quando abri meu Instagram, havia uma série de mensagens agressivas, algumas falando de questões religiosas e me ameaçando de morte. Foi horrível”, lamentou. 

Apesar do ódio gratuito, ele também recebe muitas repostas positivas por conta de seu papel na trama global. “Muitas pessoas falam sobre a importância da representatividade trans na TV e me agradecem. Outras comentam que convivem com pessoas trans e não sabiam lidar direito com a situação, mas que estão aprendendo. Isso tudo me deixa muito feliz”.

“Eu desejo muito mudar o mundo. E acho que o fato de eu estar na TV é um passo importante para isso. Eu vejo gente que não tem informações sobre a transexualidade, mas que está indo atrás e buscando o conhecimento. Também existem muitas pessoas cis e heterossexuais dispostas a se tornarem aliadas da causa LGBTQ+”, pontuou.

VEJA + NO PHEENO TV

Thiago Araujo é editor-chefe e criador do Pheeno! Referência no cenário pop LGBTQIA+ nacional, o carioca de 30 anos é jornalista e empresário do ramo do entretenimento, além de agitar as pistas como DJ mundo afora!