Aretuza Lovi diz que buscou terapia por conta de ataques após participação em live: “Me afetou muito”

Em recente entrevista para o canal canal do maquiador Victor Nogueira, no Youtube, Aretuza Lovi revelou que buscou terapia por conta do hate sofrido na internet após apresentação em live de um patrocinador. Além de Aretuza, Pabllo Vittar, Urias, Pepita e Mateus Carrilho também participaram da transmissão.

Acontece que no decorrer da transmissão patrocinada pela marca de cervejas Amstel, a artista cantou a faixa “I Love You Corote“. Foi então, que Pabllo, Pepita, Matheus e Urias levantaram suas latinhas mostrando ao público a marca da bebida que estava patrocinando a live. Ao contrário do que muita gente pensa, Aretuza afirma que o repertório foi aprovado pela equipe da Amstel. “Mas eu não ia chegar que nem uma doida pra cantar uma música falando o nome de uma marca sem autorização da outra”, explicou ela. “Quando eu levei a música teve a aprovação porque um é destilado e o outro é cerveja , então não tinha uma competição”, completou.

Aí bichas caíram matando, fizeram vários memes, mas ok. Quando a gente é uma pessoa pública, a gente tá exposto. Mas tudo tem um limite. Uma coisa é ser brincadeira, outra coisa é ser desrespeitoso“, ressalta. E está certíssima, né gente?! “Naquele momento eu estava passando por um momento pessoal muito difícil e isso me afetou de tal forma… me afetou muito, muito”, desabafou ela, que disse ter buscado terapia. “Foi muito legal porque a terapia está me transformando“, afirma.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!