Lu Andrade, do Rouge, defende Maurício Souza e discute com fãs: “Apoio ao nosso direito de expressão”

Ex-Rouge, Lu Andrade decepcionou fãs neste domingo (31/10) após seguir o jogador de vôlei Maurício Souza, que foi demitido do Minas Tênis Clube após comentários homofóbicos nas redes sociais. A cantora chegou a rebater alguns seguidores que questionaram o porquê do follow em alguém declaradamente preconceituoso.

Sou feliz, bem resolvida e totalmente responsável e dona dos meus atos. Não devo nada a ninguém, e não estou atrás de aprovação ou admiração. Seus comentários de ódio, fiscalização da vida alheia e julgamentos não são bem vindos por aqui. Cuidem de suas próprias vidas. Obrigada”, respondeu ela a um seguidor. Um fã disse “lamentar profundamente” que ela apoie “esse tipo de gente, que usa de ódio para segregar as pessoas. Luciana, então, respondeu defendendo o direito à expressão de Maurício. “Querido, é o contrário. Você precisa se informar. Não existe discurso de ódio nem da minha parte, nunca existiu mesmo quando tive todos os motivos para, nem das pessoas que você julga”, escreveu. “O que existe é um apoio ao nosso direito de expressão. As pessoas precisam ir mais a fundo nas questões antes de julgarem as outras. Tudo de bom para você”, completou.

Mais tarde, após toda repercussão do caso, Pepita fez questão de comentar sobre o assunto. “Como sempre, nunca existe discurso de ódio em palavras e ‘brincadeiras’ que causam milhares de mortes por aí. Gente, pfv né! Deixa eu ficar quieta”, escreveu a cantora no Twitter.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!