Rodrigo F.: “A perseguição dentro da Guarda Municipal por falar da pauta LGBTQ+ me gerou depressão”

Conversamos com Rodrigo Figueiredo no estúdio do Pheeno! Ele é Guarda Municipal e faz parte da Rede Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBTQIA+ e acredita que falar sobre sexualidade é muito importante desde a infância: “Se pudéssemos falar disso no colégio, as crianças teriam uma vida mais feliz”.

Rodrigo sempre teve interesse por segurança pública e começou a militar no trabalho ao encontrar outros como ele, mas, por isso, sofreu represálias: “A perseguição que sofri dentro da Guarda me gerou ansiedade e depressão”. O carioca, apesar das dificuldades, exalta as conquistas que a militância agregou na Instituição.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!