Diretor pedagógico se destaca em “No Limite” ao criar estratégia inusitada e mentirosa: “Sem pudor nenhum”

Sob comando de Fernando Fernandes, a nova temporada de No Limite” estreou nesta terça (03/05) e mostrou que a competição deste ano não será nada fácil. Além de todo o esforço físico necessário nas provas, os participantes precisarão ficar atentos aos colegas estrategistas. Um dos destaques do primeiro episódio, o diretor pedagógico carioca Matheus Pires, de 30 anos, chamou atenção do público por adotar uma estratégia um tanto inusitada para ganhar a simpatia dos colegas da tribo sol.

Além de pedir para ser chamado de Pires, alegando que todos os amigos o chamavam assim, o diretor pedagógico afirmou que estava desempregado. Para a produção, no entanto, ele revelou que trabalha na área da educação e que foi promovido recentemente. “Ninguém me chama de Pires, todo mundo me chama de Matheus. O que eu estou fazendo aqui é montar um personagem. Eu não estou sendo eu, o Matheus que está lá fora. Sou um pedagogo diretor, que acabou de ser promovido, inclusive. Mas meu discurso será o Pires, desempregado. E o que mais eu puder criar, eu vou fazer. Sem pudor nenhum”, avisou ele, que já começou a formar alianças dentro de sua tribo.

Nas redes sociais, a estratégia adotada por Matheus deu o que falar e dividiu a opnião dos internautas. “Estávamos precisando de uma gay trambiqueira e fanfiqueira na televisão”, brincou um internauta. “O Matheus Pires Same Energy da Larissa do BBB no quesito fake news”, escreveu outro. “Já to com ranço do Pires. Faz nada, tirou um personagem do cool totalmente desnecessário e fora de contexto e ainda reclama dos outros sem fazer nada”, opinou outro. “Gente, o Matheus Pires virando amigo de todas as meninas e dizendo ‘me identifiquei de cara com você’ pra todo mundo. To morrendo muito estrategista vey“, comentou outro. E aí, estão curtindo a participação do carioca?!

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!