“LI$HO”: Danna Lisboa canta sobre superação, resistência e ancestralidade em seu terceiro EP

Do LI$HO aos palcos, desde 1999”. É partindo dessas palavras que Danna Lisboa compôs seu terceiro EP, “LI$HO”. O novo trabalho da cantora e multiartista chega a todas as plataformas digitais nesta quarta-feira (08/06), trazendo cinco faixas inéditas e autorais que contam com letras marcantes e muito gingado, um pouco de sua história.

Inspirada na ressignificação do valor de uma mulher travesti preta na sociedade, Danna manda a mensagem do que se pode esperar em cada faixa em seu interlude, contextualizando os sentimentos mais profundos de quem luta diariamente para ter respeito e visibilidade, e mostra que mesmo quando tratada como “LI$HO”, é diamante e potencial. O novo EP viaja por diversos ritmos como Rap, R&B, Soul, Pop, Funk e música eletrônica, e conta sobre superação, resistência, amor próprio, afetos, desafetos, ancestralidade e carreira, desde 1999, quando começou a se apresentar como Drag Queen, em São Paulo, onde nasceu. À época, Danna Black, hoje, Danna Lisboa através de versos, rimas e melodias.

O EP conta com a participação de artistas como Monna Brutal, em “Milhõe$” e, Emerson Oliver4 e Peu Morais, em “Ouro ÒSÉ”, que afirma a religiosidade da cantora no Camdoblé.  “Eu tenho muito orgulho da minha trajetória como artista trans que vem conquistando seu espaço. ‘LI$HO’ vai traduzir minhas dores, pensamentos, fatos e vitórias ao longo desses anos. Com certeza tocará o coração de quem mergulhar neste trabalho comigo”, conta Danna. Vale ressaltar que a turnê “LI$HO” já tem data para começar. A primeira apresentação acontece no dia 17 de junho, no Teatro Flávio Império, em São Paulo, mesmo dia em acontece a Marcha Trans na cidade.

Ouça “LI$HO”