Mundo gamer: Streamer é exposto por ex-namorado em prints onde apoia Bolsonaro e áudio ofendendo nordestinos

O influenciador e streamer Gabriel Bohm Santos, mais conhecido pelo apelido Kami ou KamiKat, foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter na madrugada desta quarta (09/11). O motivo, no entanto, não foi dos melhores. Kami teve falas xenofóbicas destinadas a moradores do Nordeste do Brasil expostas nas redes após áudios vazados pelo ex-namorado, Gustavo Rodrigues.

Entre detalhes do relacionamento entre eles, o jovem divulgou prints e um áudio em que Kami se posiciona politicamente – em um dos momentos, ele ataca nordestinos por conta de votos em Lula.“Bolsonaro, fora Lula! […] Estou torcendo para o Bolsonaro justamente pelo Twitter sendo a favor do Lula, um monte de gente que eu não gosto votou no Lula, lixos. ‘Se o bozo ganhar de novo eu me mato’, ó tadinha, ‘Se o bozo ganhar eu vou embora deste país’, ó que pena. […] Eu não entendo, Nordeste é a região mais pobre, só tem miséria e vota no Lula. Teve 14 anos de Lula e contínua na pobreza, miséria e votando no Lula, não dá para entender. […] Esses Nordestinos burros votando no Lula”, diz ele em um trecho da gravação.

Pouco depois da publicação, o streamer iniciou uma transmissão ao vivo para explicar as suas falas. Kami admitiu que realizou uma fala xenofóbica, mas disse que foi em um contexto de piada. “A primeira coisa que preciso falar é, lógico, primeiro pedir desculpa sobre minha frase ‘barra’ piada sobre o nordeste. Foi uma piada xenofóbica, uma frase xenofóbica no contexto de piada. Está errado. Não está certo de forma alguma. Mas eu não sou xenofóbico. Eu fiz uma piada no contexto jocoso e foi uma piada infeliz e xenofóbica. Mas eu não sou xenofóbico e vou dormir a noite tranquilo por dois motivos: eu sei que não sou xenofóbico, sempre fui extremamente bem recebido no nordeste a minha vida inteira“, afirma o streamer.

Na sequência, a paiN Gaming, equipe de esporte eletrônico brasileira, anunciou o afastamento de Kami das funções na organização e com os patrocinadores. Ele vinha atuando como embaixador de um dos patrocinadores da organização. “A paiN Gaming reforça que não compactua com nenhum tipo de comportamento preconceituoso de seus jogadores, streamers e colaboradores. Por isso, decidiu pelo afastamento, por tempo indeterminado, de Gabriel “Kami” Bohm de suas funções na organização e com os patrocinadores“, diz o comunicado oficial.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!