LGBT+60: websérie premiada ganhará nova temporada com Ana Apocalypse e Luiza Gasparelly

A websérie documental “LGBT+ 60: Corpos que Resistem“‘”, que já acumula 1,5 milhão de views no Youtube, ganhará uma nova temporada. As gravações começaram em abril e seguem durante o mês de maio, com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2023. De autoria do jornalista e roteirista Yuri Alves Fernandes e veiculada pela plataforma de jornalismo independente #Colabora e também aqui pelo Pheeno, a obra narra a trajetória de idosos LGBT+ no Brasil e suas histórias marcadas pela resistência política e social por meio de depoimentos. 

Em cinco episódios, a nova temporada conta com as participações da ativista Denise Taynáh Leite (74), o jornalista Márcio Guerra (63), a influenciadora Ana Apocalypse (65), a drag queen Luiza Gasparelly (60) – com participação de Andreia Andrews – e um quinto nome ainda a ser divulgado. As locações acontecem nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Juiz de Fora. 

Para esse ano, Yuri revela que pretende, com as entrevistas, trazer um olhar sobre as celebrações e o orgulho após os 60 anos. “Muitas vezes por conta da LGBTfobia várias conquistas da nossa comunidade são adiadas. Vamos ter a Ana e a Denise, duas mulheres trans que após muita luta podem, hoje, celebrar e compartilhar suas histórias e existências. O Márcio, que entrou no processo de adoção e tornou-se pai na terceira idade. E ainda a Luiza que celebra a chegada dos 60 no palco, trabalhando e inspirando novas gerações. São corpos que resistem, amam e também celebram. E são histórias que vão trazer ainda mais esperança e ajudar a afastar o medo que muitos de nós, pessoas LGBT+, temos da velhice justamente por falta de uma maior representatividade”.  

A continuidade de “LGBT+60” é fruto de um edital do programa de Fomento do Audiovisual Carioca 2022, gerido pela RioFilme, órgão vinculado à Secretaria de Governo e Integridade Pública (Segovi) da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. O projeto será assinado, pela primeira vez, pela produtora audiovisual Vintepoucos e terá uma equipe majoritariamente LGBT+.

Em 2018, a produção conquistou o prêmio Longevidade Bradesco Seguros na categoria Jornalismo Web. Já em 2019, venceu o 20º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+ na categoria Audiovisual e Arte Cênicas. A premiação é organizada pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT-SP). Dois anos depois, ficou com a menção honrosa na Mostra Cine Diversidade, do Rio de Janeiro. Neste ano, o “LGBT+60 ocupará duas exposições, uma no Museu da Diversidade, em São Paulo, e outra no Museu da República, no Rio. 

Confira a 1ª e 2ª temporada

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!