Infectologista ensina como ser um “passivo orgulho da OMS”

O médico infectologista Vinícius Borges, conhecido nas redes como Doutor Maravilha, lançou um guia de como ser um ótimo ativo, e com o sucesso, se viu obrigado a lançar o “Guia do Passivo” que ele mesmo chamou de “Orgulho da OMS” (e adoramos). O post traz dicas desde como desconstruir estigmas até cuidados com o corpo.

O post começa falando sobre conhecer seu corpo e seus limites, e que para ser passivo, exige treino, portanto, começar sozinho é uma boa ideia, usar dildos, experimentar tamanhos e usar sempre muito gel: “não faz sentido querer começar a carreira enfrentando o dotadão do bairro, você vai precisar do seu ânus para outras coisas”.

“Tamanho nem sempre é documento”, diz Vinícius sobre o falocentrismo que permeia a comunidade, lembrando que o prazer do passivo não é promovido somente pelo pênis, mas de diversas outras formas, tendo em mente que um pênis de tamanho normal varia entre 12 e 15 centímetros: “é mais sobre fazer do que sobre tamanho”.

“Não deixe todo o trabalho para o ativo” é a terceira dica que foca no fato de que o sexo é um ato de todos os envolvidos, e que achar que o ativo tem que fazer tudo é reflexo de uma cultura machista. O ideal é sugerir posições, e sim, fazer parte do trabalho, porque “o ativo também cansa e sexo é desempenho coletivo”.

Visite um coloproctologista, pois quem pratica sexo anal, precisa fazer rotinas para avaliar eventuais fissuras, hemorroidas, fazer pesquisa para HPV e aprender a usar o ânus como um órgão sexual e tratá-lo com carinho. O post do médico já conta com mais de 200 mil visualizações e tem mais quatro dicas que você pode acompanhar nesta publicação.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!