RJ: Bar Popeye, em Ipanema, exibe mensagem “livre de preconceito” após caso de homofobia

Lembra do Bar Popeye, aquele de Ipanema (RJ) que, em setembro de 2022, impediu que um garçom do local servisse o casal formado por Fernando de Carvalho Pimentel e Rafael Couto Monteagudo por serem gays? Ao que parece, o estabelecimento aprendeu a lição.

Segundo informações da coluna do Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o bar personalizou um adesivo onde diz que o local é “livre de preconceito“. A peça pode ser vista na entrada do local. O Bar Popeye, que fica na Rua Farme de Amoedo, um dos redutos do público LGBTQIA+ no Rio de Janeiro, funciona em Ipanema desde 1969, há 53 anos.

Em 7 de setembro do ano passado, o empresário Milton Caruso de Freitas, um dos sócios do bar, teria impedido que o casal consumisse bebidas no local por serem gays. De acordo com as vítimas e testemunhas, Milton teria dito “não vou vender chopp pra gays no meu bar“, “não quero gays no meu bar” e “não quero vocês no meu bar“. Depois da situação, Fernando e Rafael decidiram procurar a polícia e registrar queixa. O Ministério Público do Rio, então, denunciou Milton por homofobia.

Considerando que devemos dar créditos as declarações da vitima nos crimes pautados no preconceito e na intolerancia, pois são de extrema relevância, considerando que o racismo é toda ação que ofende, discrimina um grupo social por causa de sua raça, etnia, cor religião ou origem cujo bem jurídico ofendido é a dignidade humana. Tendo como norma reguladora a lei 7.716/89 são crimes inafiançáveis e imprescritíveis. Por fim, diante dos fatos noticiados e documentos acostados, vislumbram-se indícios da prática dos crimes noticiados neste procedimento, concluo pelo indiciamento de Milton Caruso de Freitas pelo cometimento do delito de homofobia“, escreveu a delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), em seu relatório ao Ministério Público (MP).

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!