Irlanda do Norte legaliza casamento homoafetivo e aborto

Nossos corpos, NOSSAS REGRAS!

Esta terça-feira, dia 22/10, foi uma data histórica pra Irlanda do Norte. Em uma única decisão, o Parlamento Irlandês descriminalizou o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A nova lei substituiu uma legislação vigente desde o século XIX.

A descriminalização do aborto foi mais controversa que do casamento homoafetivo, pois a lei que criminalizava o aborto, que foi vigorada em 1961, tinha como pena máxima a prisão perpétua, ainda que em casos de estupro, incesto ou quando o feto tinha algum tipo de anormalidade fatal.

A Irlanda do Norte era a única das 4 nações britânicas que ainda proibia o aborto e o casamento homoafetivo. A interrupção voluntária da gravidez já havia deixado de ser crime na Inglaterra, Escócia e no País de Gales desde 1967, já o casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2014.

Muitas pessoas celebraram a decisão do Parlamento, de poderem se casar com quem quiserem, sem que isso fosse um crime, outras deram adeus ao século retrasado. Houve até quem fez festa com direito a contagem regressiva para a meia-noite da madrugada do dia em que a nova lei passou a vigorar. O primeiro casamento oficial entre pessoas do mesmo sexo está marcado para feveriro de 2020.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos e redator colaborador de conteúdos sobre diversidade LGBTI+ do portal Pheeno.com.br! #MandaAssunto