Ministério Público investiga peça encenada em escola com beijo gay no interior de SP

O Ministério Público em Palmeira D’Oeste (SP), no noroeste do Estado, instaurou inquérito civil para investigar eventual desrespeito ao direito de crianças e de adolescentes por causa de beijo gay em um espetáculo teatral encenado na Escola Estadual Orestes Ferreira de Toledo.

Durante o espetáculo “#República Muito Além Q’Entre 4 Paredes”, que faz parte do Circuito Cultural Paulista, quatro atores comemoram o fato de ter passado para a próxima fase de um concurso de bandas e dois homens começam a se beijar. Logo depois, uma atriz beija um dos atores e em seguida a outra companheira de cena. Elas caem no chão e um ator sobe em cima delas. Em seguida, o outro integrante da peça chega e simula uma cena de sexo.

A peça de teatro foi apresentada na sexta-feira (23/03) e gerou discussão por causa da cena. Um vídeo feito por um espectador viralizou nas redes sociais. Em um folder sobre a peça, a indicação de faixa etária é de 14 anos. Segundo a prefeitura, cerca de 60 alunos assistiram à peça, entre 14 e 17 anos.

Em nota, o MP disse que o promotor irá se manifestar sobre o caso somente ao final da investigação, apresentando as razões que possam sustentar o ajuizamento de uma ação judicial ou o arquivamento do inquérito civil. O Ministério Público disse que irá fazer todos os esforços no sentido de “perseguir o mais absoluto equilíbrio entre o direito à liberdade de expressão e a proteção aos hipossuficientes”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!