Vítimas da homofobia: casal gay é espancado e um acaba morto a facadas

Rodrigo Soares Rodrigues, 24 anos, morreu após ser atingido com golpes de faca próximo a uma conveniência na madrugada de ontem domingo (18/03), em Jardim, a 237 quilômetros de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul. No momento da confusão, ele estava com o companheiro de 17 anos. O casal foi agredido por pelo menos três pessoas e a família suspeita de homofobia.

Segundo informações do site MS Notícias, a vítima era designer de sobrancelhas e bebia com o companheiro normalmente no estabelecimento, quando sem motivo algum, três homens se aproximaram do casal e iniciaram as agressões, fator que levanta ainda mais a suspeita de crime de ódio e preconceito. Um dos agressores estava com uma faca e desferiu os golpes. Rodrigo chegou a ser socorrido, no entanto, chegou ao pronto socorro sem vida. A policia afirmou que um das facadas atingiu o coração da vítima. O companheiro dele recebeu atendimento e foi liberado.

A Polícia Militar foi chamada e horas depois conseguiu prender Iran Ortega, 19 anos, como o principal suspeito de esfaquear a vítima. Ele está preso na 1ª DP (Delegacia de Polícia) do município. Conforme investigadores, o suspeito estava em visível estado de embriaguez.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!