Jonathan Bailey, de “Bridgerton”, revela que foi orientado a não revelar que é gay

O ator Jonathan Bailey, responsável por dar vida a Anthony na série “Bridgerton“, revelou em entrevista para o Digital Spy que foi aconselhado em Hollywood a não revelar que é gay, para não ser boicotado e perder futuros grandes papéis.

“As conversas mais conservadoras que tive sobre ser honesto a respeito da minha sexualidade vieram de outros gays da indústria: ‘Oh, não, você não pode se assumir! Você realmente não deveria fazer isso! Se fizer isso, muitas coisas ruins podem acontecer’. Este foi um estágio em que talvez eu estivesse chegando a um acordo com minha própria sexualidade. Eu não tinha necessariamente escondido, mas nunca fui honesto sobre isso”, disse o ator de 32 anos. “Eu acho que não deveria importar o personagem que as pessoas interpretam, mas é claro que há uma narrativa que é muito clara, que homens abertamente gays não estão interpretando os papéis principais“.

E também, há uma razão pela qual os personagens gays são tão interessantes. Porque assim como as mulheres em Bridgerton, há muitos obstáculos e há muito crescimento pessoal, e há uma verdadeira força para os gays. Então, o fato de muitos homens heterossexuais terem desempenhado papéis gays icônicos e serem elogiados por isso é fantástico, que essa história esteja sendo contada. Mas não seria brilhante ver homens gays jogarem sua própria experiência?”, questionou o ator.

Confira o trailer de Bridgerton

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!