Caso Suzy: Drauzio Varella e Globo são condenados a pagar R$ 150 mil a pai de garoto morto

Drauzio Varella e a TV Globo foram condenados a pagar R$ 150 mil por danos morais após a entrevista com Suzy Oliveira exibida pelo “Fantástico” em março de 2020. Suzy foi condenada pelo homicídio de uma criança de nove anos de idade e o pai da vítima que moveu a ação.

Na ação, o pai da criança diz que, após a transmissão da matéria, Suzy recebeu “piedade social”, enquanto que ele sofreu novo abalo psicológico por reviver os fatos. A juíza Regina de Oliveira Marques, do Tribunal de Justiça de São Paulo, assinou a decisão em primeira instância, declarando que o pai do menino “sofreu novo abalo psicológico ao reviver os fatos” ao ser procurado pela imprensa para falar sobre o tema após a entrevista exibida no programa.

Por todo o exposto, julgo parcialmente procedente o pedido inicial para condenar solidariamente os requeridos ao pagamento ao autor de indenização por danos morais no importe de R$ 150.000,00 devidamente corrigido e acrescido de juros de 1% ao mês, ambos desde a data da sentença até o efetivo pagamento”, diz a decisão.

Qualquer expectador foi induzido erroneamente a acreditar que os entrevistados seriam meras vítimas sociais, devendo ser ressaltado que, mesmo se tratando os entrevistados de autores de crimes contra o patrimônio e sua sexualidade, não implicaria em serem assim tratados, já que perniciosos à sociedade como um todo”, finalizou a juíza.

VEJA + NO PHEENO TV

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!