Jovem gay é esfaqueado na estação Paulista do Metrô de SP; namorado diz que foi homofobia

Um jovem gay foi esfaqueado dentro da estação Paulista, na Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, após uma discussão com um homem e uma mulher. O caso aconteceu no último domingo (06/06). Tiago Moraes, namorado de Laelson, acredita que o ataque pode ter sido motivado por homofobia. 

Ao G1, Tiago conta que estavam na escada rolante da estação, acompanhado do namorado e amigos, quando ela parou de funcionar por conta de um problema técnico. Um homem e uma mulher que estavam na outra escada acusou o grupo de ter provocado o problema e iniciaram uma discussão com os jovens. Durante a discussão, o homem, que estava em posse de uma arma branca, atacou Laelson. “Ele ia me atacar com uma faca, e meu namorado entrou na frente. Meu namorado caiu e, nesse momento, ele levou uma facada no peito e na coxa”, disse Tiago ao portal.

No momento da briga não tinha nenhum segurança no local, eu gritei e apareceu só uma, mas ela ficou de braços cruzados. O agressor foi pego em outra estação”, completou. Para Tiago, pode ter sido motivado por homofobia, já que a mulher do agressor estava insultando o grupo com comentários homofóbicos. “Eu estou muito abalado, assustado, tenho medo de que aconteça novamente. Espero que essas pessoas que reagem dessa forma ao ver um casal gay ou lésbico tenha respeito. Somos seres humanos, temos uma família, uma vida. A gente ama“, desabafa.

Laelson está internado no Hospital das Clínicas, na Zona Oeste, e deve receber alta neste fim de semana. O caso foi registrado no 78º Departamento Policial, nos Jardins.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!