Ex-lutador do UFC diz que precisou recorrer a prostituição gay para financiar carreira: “Fiz para viver e lutar”

Yoshinori Horie, lutador japonês de MMA e ex-atleta do UFC, surpreendeu os fãs ao revelar que já precisou recorrer a prostituição gay para ajudar a financiar suas ambições atléticas. Pelo Twitter, o lutador de 26 anos contou detalhes sobre a experiência dolorosa.

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

Yoshinori conta que, aos 21 anos, um amigo disse que ele poderia ganhar dinheiro masturbando homens em Shibuya, uma região de Tóquio. O lutador foi levado a acreditar que seria dinheiro fácil, mas ressaltou: “Fui enganado de várias maneiras”. “Eu não tinha dinheiro e realmente queria fazer artes marciais por conta própria”, explica o atleta, que passou a se prostituir. Yoshinori continua a história afirmando que ganhou 20.000 ienes (aproximadamente R$ 1000) em menos de uma hora, o que é mais do que ele ganharia em dois dias de trabalho.

O lutador ainda disse que é doloroso lembrar do episódio, mas que foi algo que o ajudou a perseguir seus sonhos. “Consegui 20.000 ienes em menos de uma hora. Pude entrar nas artes marciais em pouco tempo, ultrapassando a quantidade de 2 dias de trabalho em meio período que faço durante 8 horas em pé! É muito doloroso agora, mas enquanto eu estiver vivo, posso perseguir meus sonhos! E eu gosto de mulheres, não de homens! Eu fiz o dinheiro para viver e para praticar artes marciais”, completou.

Não está claro por que ele escolheu revelar a informação agora, mas muitos fãs o apoiaram, agradecendo por sua honestidade e dizendo que ele não fez nada que deva se envergonhar.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!