Israel passa a permitir que casais gays e homens solteiros contratem barriga de aluguel

Israel passou a permitir, nesta terça-feira (04/01), que casais homossexuais e homens solteiros possam ter filhos por meio de barrigas de aluguel. Antes, a legislação permitia apenas que casais heterossexuais e mulheres recorressem a essa técnica de reprodução assistida. Com informações do G1.

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

A decisão passou a ser contestada oficialmente em julho de 2021, quando a Suprema Corte do país recebeu um processo, protocolado por um grupo de ativistas da comunidade LGBTQIA+, apontando que a medida violava os direitos de casais do mesmo sexo e homens solteiros, visto que não havia apontamento conclusivo sobre o motivo de ficarem de fora.

Dessa maneira, os ministros compreenderam a violação e colocaram um prazo de seis meses para a mudança na legislação, concluída no início de 2022. O ministro de Saúde, Nitzan Horowitz, afirmou que o dia torna-se “histórico para a luta LGBTQIA+” após a aprovação.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!