Ex-assessor de deputado bolsonarista ataca premiação LGBTQIA+ promovida na Alerj: “Depravação moral”

A Assembleia Legislativa do Rio realizou nesta quarta-feira (07/04), a entrega do prêmio Medalha Tiradentes e Prêmio Cidadania, Direito e Respeito à Diversidade. O evento premiou profissionais e artistas que promovem os direitos de cidadania e a cultura LGBTQIA+ no estado. A premiação, no entanto, não agradou o ex-assessor do deputado bolsonarista Hélio Negão, que foi as redes sociais e classificou a solenidade como “depravação” e “culto à desordem“.

Não confunda liberdade com libertinagem. Esses ativistas barulhentos não representam a maioria dos homossexuais. Não se trata de representatividade ou busca por direitos, trata-se de afronta à população do Rio de Janeiro. Um culto à desordem“, escreveu Vitor Samuel na legenda da publicação, um vídeo mostrando drag queens performando durante o evento. “A Assembleia Legislativa deveria estar sendo utilizada para fins de melhorar as condições de vida do cidadão do Rio de Janeiro, independente de cor, credo ou opção sexual“, continue ele. “A depravação moral é uma das armas do anticristo“. No final do vídeo, Hélio questiona: “É esse aí o Brasil que você quer para os seus filhos?“. Alguém avisa, gente! É esse Brasil que queremos, sim!

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!