DENÚNCIA: Chavoso da USP relata agressão de PM na Virada Cultural

O influenciador digital gay Thiago Torres, conhecido como Chavoso da USP, denunciou em suas rede ter sido ameaçado e espancado por policiais militares, no último domingo (28), durante a Virada Cultural de São Paulo. Segundo a página Alma Preta Jonalismo, Torres, de 23 anos, estava acompanhado do MC Guihdanorte quando foram abordados por 3 policiais durante um show do rapper Emicida.

“Eu e um parceiro fomos enquadrados e espancados por 3 PMs, tanto eu quanto ele fomos agredidos, mas meu parceiro foi torturado na minha frente por estar com um beck”, publicou em seu Twitter. Thiago afirma que, ao questionar o comportamento dos agentes públicos, foi agredido e ameaçado: “Peitei eles e tomei chutes, socos e eles ameaçaram de me forjar e levar preso. Só não fizeram isso pq eu falei que eu era conhecido e eles ficaram com o pé atrás”.

Chavoso da USP usou os stories no Instagram para postar trechos das gravações da abordagem antes de ser agredido: “Pra eles (jovens brancos), as drogas sempre foram legalizadas. Pra nós, é uma desculpa para nos agredirem, prenderem e matarem. Fui chamado de ‘maconheiro de merda’ ontem no enquadro, sendo que não estava com maconha nenhuma e nem fumo. Playboy nenhum vai passar por isso”, desaba Thiago.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!