Colton Haynes conta que foi forçado pelo empresário a sair com mulheres

O gato Colton Haynes, que publicamente assumiu sua sexualidade ano passado, participou do programa de rádio do apresentador Andy Cohen, e deu detalhes do quanto foi forçado a “agir como hétero” em Hollywood para ter uma carreira de sucesso. “Me foi dito, no dia que eu me mudei para Los Angeles, que eu não poderia ser gay porque não trabalharia”, revela. “Meu empresário e um time de pessoas literalmente me diziam que eu não podia ser desse jeito”

O ator de 28 anos revelou que seu empresário fabricava relacionamentos falsos com mulheres para tentar manter sua sexualidade em segredo. “Existia esse rumor que eu estava saindo com Lauren Conrad por seis meses porque eles estavam fabricando uma história”. Ao ser questionado por Andy se essas mulheres não estranhavam o fato de não rolar mais íntimo nesses “encontros arranjados”, ele conta que elas sabiam o tempo todo.

Lidar com essas questões não foi fácil para o galã, que passou por períodos de instabilidade emocional até tomar a decisão de sair do armário. “Eu lutei contra ansiedade, fiz terapia. Não conseguia ir trabalhar porque desmaiava ou começava a suar e tremer”, afirmou. “Eu estava tão cansado de não ser eu mesmo, de ter que me diminuir por certas coisas e não me vestir do jeito que eu gostaria e fazer tudo isso. Foi realmente uma mudança de vida quando eu me assumi”, completou.

Vale lembrar que o ator superou tudo isso e, recentemente, foi pedido em casamento pelo namorado. Arrasou, Colton! <3 Confira a entrevista de Colton Haynes para Andy Cohen…

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!