Justiça para os passivos! Armond Rizzo revela que produtora pornô paga mais para atores ativos

O ator pornô gay Armond Rizzo alega que uma produtora pornô, chamada ‘Blacks on Boys’ – autoproclamada “lar do melhor conteúdo gay inter-racial” – paga menos menos para atores passivos e mais para atores ativos.

“Isso nunca aconteceu comigo, mas há um estúdio que está interessado em mim, e o que eu descobri sobre eles é alucinante”, twittou Rizzo na última sexta-feira (25/01). “Eles pagam menos para os passivos e a desculpa deles é que o site é ‘dominantemente ativo’. Eu não dou a mínima, quem você pensa que é para dizer que os passivos valem menos?”, continuou o ator.

“Se você está se perguntando de qual site estou falando, é o @BlacksOnBoys. Que pena… perderam meu respeito”, continuou. “Vai ser um grande NÃO, OBRIGADO! Não me importo que você tenha aumentado minha taxa. É injusto você pagar menos, e por isso me recuso a trabalhar para você”, acrescentou.

Internautas apoiaram o discurso do ator. “Passivos precisam receber mais”, disse um seguidor. “Se não fosse por um passivo, o que o ativo faria?”, questionou outro. Até o fechamento dessa publicação, a conta do Twitter @BlacksOnBoys não respondeu às reivindicações de Rizzo.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!