Versátil do pornô gay, ator Chris Bines é condenado a cinco anos de prisão

Famoso por suas atuações como ativo e passivo em produções da Men.com e Raging Stallion, o ator pornô gay Steven Michael Sholly foi condenado a quase cinco anos de prisão. Conhecido pelo nome artístico de Chris Bines, ele foi acusado de vender maconha e lavagem de dinheiro.

Entre 2014 e 2017, ele e outros quatro acusados ganharam mais de U$ 3,5 milhões, aproximadamente R$ 12 milhões. Durante este período, Bines e seus comparsas teriam distribuído mais de 100 quilos de maconha nos Estados norte-americanos da Flórida e da Califórnia.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!