Após dois anos sem encontro presencial, Parada do Orgulho de São Paulo recebe mais de 3 milhões de pessoas

A 26ª edição da Parada do Orgulho LGBT+ movimentou São Paulo neste domingo (19/06), após dois anos sem encontro presencial em razão da pandemia da Covid-19. Os desfiles contaram com a presença de famosos, e o tema fortaleceu o compromisso e a luta da comunidade com a política.

Neste ano, a Parada LGBT+ voltou às ruas da Avenida Paulista. O desfile começou por volta das 12h, quando o público caminhou rumo à Praça Roosevelt, no Centro da capital. A 26ª edição do evento, que teve como tema “Vote com orgulho – por uma política que representa”, reuniu um total de 19 trios e levou mais de 3 milhões de pessoas para a na Avenida Paulista, segundo informou a Associação da Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo (APOGLBT).

A Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo também registrou manifestações políticas. No início da caminhada, os participantes fizeram um minuto de silêncio pelas vítimas da pandemia do coronavírus e em prol da causa. Durante o desfile, diversas bandeiras e símbolos em repúdio ao governo de Jair Bolsonaro, foram apresentadas juntamente com os gritos pedindo “Fora, Bolsonaro!”.

Confira imagens

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!