Ator Garrett Clayton, de “King Cobra”, sai do armário e assume relacionamento com outro homem

Famoso entre os gays por dar vida ao astro do pornô gay Brent Corrigan, no longa “King Cobra”, o ator Garrett Clayton usou o seu perfil nas redes sociais nesta segunda-feira (20/08) para assumir sua homossexualidade.

Embora não tenha usado as palavras “gay” ou “bissexual”, Clayton revelou pela primeira vez que está em um relacionamento “de longa data”, segundo o próprio ator, com o roteirista Blake Knight. “‘Reach’ lida com assuntos muito sérios e urgentes, que me afetaram pessoalmente, e provavelmente influenciaram as vidas de muitos de vocês”, escreve. “Eu prefiro dividir esse tipo de coisa com vocês pelo Instagram ao invés de em algum artigo de revista, porque vocês são aqueles que tem torcido por mim e me seguido nessa jornada pessoal e profissional”.

“Quando li o roteiro de ‘Reach’, imediatamente sabia que tinha que fazer parte desse filme”, continua. “Eu tive que lidar com o suicídio na minha família, e com muito bullying no ensino médio – acima de tudo isso, tanto eu quando o homem com quem estou em um relacionamento há um longo tempo, Blake Knight, testemunhamos tiroteios em escolas das nossas cidades natais”.

“Esses tópicos, nem sempre fáceis de se discutir, são todos profundamente pessoais para mim. Sabendo quão sérios eles são, eu queria dividir isso com todos vocês. Este filme tem as perspectivas de pessoas que se importam muito com tudo isso, e se assisti-lo ajudar uma pessoa sequer, valeu a pena”, concluiu.

Em “Reach”, Clayton interpreta um garoto introvertido de uma escola no interior dos EUA. O filme explora tópicos quentes como bullying e suicídio, que o ator abordou em sua postagem na rede social. O longa ainda não tem data de estreia oficial.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!