Jussie Smollett, ator de “Empire”, é hospitalizado após ataque racista e homofóbico

Jussie Smollett precisou ser hospitalizado após sofrer um violento ataque racista e homofóbico em Chicago na madrugada de terça-feira (29/01). Segundo o site TMZ, o intérprete do personagem Jamal Lyon na série “Empire” recebeu alta na manhã desta terça, mas teve uma costela fraturada.

Ele deixava uma lanchonete de madrugada em Chicago, cidade onde a série é gravada, quando foi surpreendido por dois homens brancos que usavam máscaras de esqui. “Você que é o gay de Empire?”, perguntaram os agressores. Os dois homens, então, tentaram enforcá-lo com um cordão enquanto jogavam alvejante em cima dele gritando: “Este é o país do Make America Great Again”, slogan do presidente Donald Trump.

A polícia investiga o caso como um possível crime de ódio. De acordo com o TMZ, cartas de ameaças a Smollett com conteúdo racista e homofóbico foram enviadas na última semana à Fox Studios, em Chicago. “Você vai morrer, viado negro“, dizia uma delas. “Dada a gravidade das alegações, estamos levando essa investigação com a maior seriedade possível”, afirmou o porta-voz da polícia de Chicago, Anthony Guglielmi, à Fox News.

Assim como seu personagem em “Empire”, Jussie é abertamente gay. “Nunca houve um armário em que eu tenha estado. Eu não tenho um armário. Só queria deixar claro quem eu sou“, declarou ele, em entrevista a Ellen DeGeneres em março de 2015.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!