Milhares de poloneses fazem manifestação contra homofobia

Homofobia é crime, BASTA!

No dia 20 de julho aconteceu a 1ª parada do orgulho LGBT da cidade de Bialystok, mas, infelizmente, o que era pra ser um dia de alegria e celebração, se tornou num dia marcado pelos ataques homofóbicos, supostamente, promovidos por extremistas de direita tolerados pelo governo (segundo a Oposição).

Neste domingo, 28/07, partidos de esquerda da Polônia (partidos de oposição ao governo), realizam uma série de protestos em Bialystok, condenado os ataques homofóbicos durante a parada LGBT. O protesto foi marcado pela presença de milhares de manifestantes, segurando bandeiras com as cores do arco-íris e da EU (União Europeia).

Em meio à multidão, líderes políticos de esquerda fizeram discurso acusando o partido governista Lei e Justiça (PiS) de não tomar as atitudes cabíveis contra a homofobia no país. Segundo os críticos, desde que assumiu o poder, em 2015, a legenda de direita tem tolerado – e às vezes encorajado – agressões contra a comunidade LGBT. Embora o governo tenha condenado a violência registrada durante a parada LGBT em, alguns ativistas locais do partido governista foram vistos entre os agressores naquele dia.

Arquiteto, DJ, VJ, Produtor de Eventos, designer gráfico, editor de vídeos, dono de concursos drag e o mais novo colaborador para conteúdos sobre diversidade LGBTQIA+ para o portal Pheeno.com.br