Amor em tempo de pandemia: lésbicas se casam na rua com juiz em janela de prédio

Um casal de lésbicas de Nova York encontrou um jeito de não adiar o casamento em tempos de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus: oficializar a cerimonia no meio da rua.

Reilly Jennings e Amanda Wheeler casaram-se na última sexta-feira (20/03) no meio da rua, completamente vazia. Elas pegaram a autorização para o casamento no cartório e queriam realizar a cerimônia no dia seguinte. No entanto, o prefeito, Bill de Blasio, anunciou os fechamentos dos cartórios por tempo indeterminado. No entanto, o casal não deixou que isso impedisse a concretização do seu casamento.

Um amigo, Matt Wilson, enviou uma mensagem a revelou que tinha uma licença para realizar casamentos. Por conta da epidemia, elas cancelaram convidados e todo evento planejado, mas não deixaram de oficializar a cerimônia que contou com juiz de paz celebrando a união da janela de um prédio e amigos que avistavam a cerimônia de carros à distância.

“Terminamos nossas reuniões de trabalho, descemos a rua até o apartamento dele e nos casamos abaixo da janela do quarto andar, enquanto o bairro observava”, escreveu Jennings no Instagram. Wilson oficializou o casamento lendo trechos do livro “Amor nos Tempos de Cólera”, de Gabriel García Márquez. Ao perceberem a movimentação, os vizinhos foram até a janela e aplaudiram na hora do “sim”. “Esperei quatro anos para chamar Amanda de minha esposa. Isso tudo foi apenas a cereja do bolo do topo amor que sinto todos os dias”, disse Amanda.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!