Cinema LGBT: novo modelo de família é tema do filme “Entre-Laços”

Com uma trajetória de sucesso nos Festivais de Cinema no qual participou, o filme “Entre-Laços” tem sua estreia confirmada no brasil pela distribuidora Lança Filmes nesta quinta-feira (17/05), Dia Internacional contra a Homofobia.

Com extrema delicadeza o filme relata a história de uma garotinha de onze anos chamada Tomo, que ao se ver abandonada pela mãe, recebe auxílio de seu tio Makio (Kenta Kiritami) que tem um relacionamento com a transexual Kinko (Torna Ikuta), uma enfermeira de coração bondoso que acolhe a garota com muito amor, fazendo o papel que caberia a sua mãe. Em pouco tempo a relação entre os três floresce e a pequena Tomo descobre o verdadeiro significado de uma família.

Em tranquilas imagens concentradas, o filme retrata a sexualidade não normativa como uma forma natural de vida e descreve os valores familiares definidos não por convenção, mas por um ambiente de amor e carinho. Apresentando para o espectador as “novas estrutura familiares”.

Confira o trailer

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!