SP: Casal gay denuncia agressões em bar de Itatiba; vítimas acusam cliente e seguranças

Um casal gay denunciou que foi vítima de homofobia em um bar da região central de Itatiba (SP). As vítimas, um enfermeiro e um professor que preferiram manter o anonimato, relataram à Polícia Civil que foram abordados por um cliente dizendo que eles não poderiam se beijar dentro do estabelecimento e que teriam sido agredidos. A agressão teria acontecido na noite de sábado (13/11). 

Segundo informações do G1, o casal contou que ficou inconformado com a atitude do rapaz e pediu para ele se retirar. Minutos depois, o agressor teria empurrado um deles sobre a mesa e deu um soco no olho esquerdo de uma das vítimas. Ainda conforme o registro, o agressor foi retirado do bar por um segurança, mas esperou o casal na saída do bar. Quando os dois estavam saindo do local para ir ao hospital, a confusão começou de novo. A outra vítima disse que foi agredida pelos seguranças da casa noturna. O casal ainda afirma que também foi hostilizado e agredido pelos seguranças do bar.

A Polícia Civil já instaurou inquérito e pediu as imagens das câmeras de segurança do local para tentar identificar o agressor. Por se tratar de um caso de homofobia, foi decretado sigilo no caso. À Tv Tem, o dono do bar negou as acusações, afirmou que deu apoio às vítimas e que foi um fato isolado. O caso foi registrado como crime de praticar, induzir ou incitar a discriminação e será investigado pela delegacia de Itatiba.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!