Com bumbum de 116cm, muso da Sapucaí surge como Pinóqui e lamenta por estar solteiro: “Se amedrontam”

O muso da sapucaí Fábio Alves, dono de um bumbum de 116cm, revelou ter dificuldade em se relacionar por conta da fama de sex symbol. Coreógrafo e muso da Unidos do Cubango, no Rio de Janeiro, o carioca lamenta por ainda estar solteiro.

É bem complicada a questão de ficar com alguém. As pessoas se amedrontam com essa fama de sex symbol. Só mandam mensagem e nudes pelo Instagram. Pessoalmente nada“, conta. “Mas nem tempo para paquera no momento tenho. Só depois do Carnaval”, completa Fábio, que recentemente escolheu pintura corporal inspirada no personagem Pinóquio para protagonizar um ensaio fotográfico. Além de desfilar no Rio, ele também desfilou como destaque da MUG no carnaval do Espírito Santo. “Eu estava sentindo falta disso. A gente que é do samba não vive isso só no Carnaval, é o ano todo. As escolas tiveram muito tempo para se preparar. Acredito que serão desfiles bem bonitos e muito esperados“, torce.

Fábio fazia parte da Porto da Pedra até ano passado, mas deixou a escola alegando que os diretores tinham a “cabeça muito fechada” e não aceitavam que ele se destacasse mais do que as musas mulheres pelo tamanho do bumbum. “As pessoas estavam ali para ver o meu corpo também. Eles não souberam lidar com isso. Acho que foi preconceito. A imprensa me procurava mais do que as rainhas e musas. Tenho certeza de que isso causou uma irritação na diretoria“, declarou ele.

Fábio revela ainda que sofre com ataques nas redes sociais e em comentários de matérias, apesar de ser muito querido nas ruas. “Isso tem muito reflexo do machismo. Achar que sex symbol tem que ser uma mulher, que um homem não pode ter uma bunda admirada. Não são só os caras que admiram, as mulheres também. Não tem nada de anormal em alguém elogiar meu corpo“, pondera.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!