Manoel Soares pede aos LGBTs apoio a Renan Bolsonaro e se arrepende

O apresentador de TV e do canal de notícias na internet “Bombou”, Manoel Soares, fez um post no X controverso e polêmico na última terça (10) em que cobra de pessoas LGBT empatia com Jair Renan Bolsonaro e seu suposto imbróglio sexual com outro jovem exposto na internet, e ainda atribui à comunidade um “desafio” que é o de defender o 04 da homofobia do pai. Soares sustentou que o post era ironia, mas o apagou.

No post, Manoel Soares dizia: “O desafio da comunidade LGBT agora é encontrar forças para defender Renan, que, como muitos homoafetivos, deve ter sofrido com a homofobia do pai”. Soares esquece que Jair Renan nunca se declarou gay ou bi e continua afirmando em entrevistas que é hétero, portanto não há o que defender, sem contar que o post soou como cobrança à comunidade.

Seguidores massivamente retrucaram a fala de Soares, o alertando que um homem hétero cis não deve ditar ou supor quais são os desafios da comunidade, sobretudo, quando as lutas da comunidade são direcionadas a quem pede ajuda e não a quem ataca a comunidade, ainda que seja LGBT, no armário ou qualquer outra condição, lembrando políticos e ativistas LGBTs como Fernando Holiday e Karol Eller, que apoiaram Bolsonaro nas eleições.

Um comentador disse: “Meu amigo, o desafio da comunidade LGBTQIAPN+ é sobreviver nesse país que todo dia mata a gente e quer tirar nossos direitos, inclusive muito por culpa da família do Renan”. Outro comentou: “nossa energia agora está voltada em garantir nosso direito ao casamento igualitário”. Após a repercussão, o apresentador apagou o post e pediu desculpas: “Acabei de falar com um irmão que é autoridade na luta LGBT ele me convenceu que apesar da minha boa intenção, deixei brecha para que o movimento fosse cobrado. Reconheço meu vacilo”.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!