Ex-BBB Victor Hugo pede emprego nas rede sociais: “‘A Vida Depois do Tombo’ não chega a 10% do que passei”

Ex-BBB 20, Victor Hugo usou o Instagram nesta quarta-feira (26/05) para fazer um desabafo e pedir ajudar aos seus mais de 600 mil seguidores. Formado em Psicologia e Letras, o ex-brother, que também é técnico em Química e Mestre em Saúde Pública, desabafou que, mesmo com uma excelente formação, está difícil ser contratado.

Querem me ajudar? Procuro emprego. Até hoje nada deu certo para mim“, escreveu nos stories ao compartilhar os seus currículos profissional e artístico. “É isso, pessoal. Quero começar uma vida nova, se puderem me ajudar, fico grato! Estudo e força de vontade nunca me faltaram! Competência e experiência profissional também tenho”, completou. “Eu sempre amei estudar! Sempre! Mas eu nasci para ser um artista! Eu sei disso porque sinto desde criança! Não vou desistir do meu sonho de trabalhar exclusivamente com música e roteiro!

O ex-brother também falou sobre mensagens de ódio que recebe nas redes sociais, mas que não irá desistir de realizar os seus sonhos. “Como vocês podem ver, eu saí bem e feliz e realizado. De consciência tranquila e disposto a colher muitos frutos, muita energia boa! Disposto a me jogar demais em vários projetos e finalmente realizar aqueles sonhos que o Ti [Tiago Leifert] falou no programa. Acontece que nada deu certo até hoje, mesmo eu correndo atrás e dando meu melhor. Muitas vezes fechando os olhos pras mensagens de ódio que eu recebia pelas redes e sempre pensando: ‘enquanto eles praguejam, eu trabalho e quando menos esperarem, vou voltar com tudo“, disse.

Segundo ele, um dos motivos para a falta de oportunidades foi o bairro onde mora: Capão Redondo, em São Paulo. “Quando eu dizia que morava no Capão Redondo, cancelavam alegando que era longe ou que não iam mandar transporte”, revela. Por fim, Victor conta que “nunca houveram muitas propostas ou marcas interessadas”. “Tem muitas coisas, que se eu contar, ‘A Vida Depois do Tombo’ não chega a 10% do que eu passei”, concluiu ele, mencionando o documentário de Karol Conká

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!